• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 4722
    Navios » quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 »
    Portal Marítimo promove visitas a navios da Transpetro, por alunos da EFOMM

    10022011(014)No dia 10 de fevereiro, 8 alunos da EFOMM seguiram mar adentro, rumo à visitação a dois navios da Transpetro, na Baía de Guanabara. O evento teve o apoio do Portal Marítimo (www.portalmaritimo.com ) , site que publica  tudo sobre a Marinha Mercante Mundial, cujo mentor é o Chefe Rodrigo Cintra, e a  Transpetro, maior empresa de Navegação Brasileira, além do CIAGA. Cintra é um mercante, formado na EFOMM, com grande influência no ramo. Torno-se o Chefe de máquinas mais novo do país, depois de muita dedicação à carreira. Tornou-se, também, mentor do Blog que atualiza os navegantes e os curiosos, sobre os assuntos marítimos.

    A primeira parada foi no Petroleiro N/T Brotas, que se encontra em estado de lay-up – estado de menor gasto de energia, apenas com os equipamentos essenciais funcionando, enquanto fundeado – aguardando a decisão para o seu futuro (transformar-se em plataforma ou ser restaurado para continuar operando como petroleiro).

    Na chegada, a Cmte. Giovana, acompanhada pelo praticante Delmiro e pelo funcionário executivo da Transpetro Barra, receberam os convidados na sala de reuniões. Neste momento, foram passadas as instruções de segurança a bordo, assim como a apresentação motivacional da empresa de navegação. O Chefe de Máquinas Vagner também colaborou nessa apresentação inicial. Segundo a Cmte. , o petroleiro conta com um contingente (o mínimo) de 10 tripulantes.

    Comte Giovana, Chefe Barra e Chefe Cintra, com os alunos.

    Comte Giovana, Chefe Barra e Chefe Cintra, com os alunos.

    Após o almoço, os alunos se divertiram com o vídeo-game Wii. E depois, seguiram em frente, rumo à praça de máquinas e ao passadiço, explorando o conhecimento dos que detém longa experiência no mar.

    No meio da tarde, outra visitação (surpresa!) foi concedida. E o segundo destino foi o Gaseiro N/T Gurupá – realizando abastecimento na Ilha Redonda, situada na Baía de Guanabara – no qual foram recepcionados pelo Cmte. Cardoso. Segundo o mesmo, a embarcação pode transportar cerca de 20 produtos diferentes, contudo o GLP é o de maior frequência.

    Visitantes reunidos, no fim da visitação.

    Visitantes reunidos, no fim da visitação.

    O Gurupá tem 23 anos de perfeita conservação e foi construído na Alemanha. Conta com um contingente de 29 tripulantes. Mas a maior surpresa da do dia foi o encontro com as praticantes de máquinas Letícia (que terminou o curso em 1º lugar, em 2010) e com a aluna Keila, iniciando suas praticagens nesse mesmo dia.

    Seguiu-se numa breve caminhada pelo navio, conhecendo seus compartimentos. Por fim, um coquetel findou o dia dos ansiosos  alunos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante.

    Redação por Al. Robson.
    Imagens por Al. Robson e Al. Willian Cavalcante.

    Comentários

    1. Rodrigo Cintra disse:

      Agradeço pelas palavras, mas uma correção.
      Não sou o mais novo, mas talvez um dos mais novos em plataformas, e há colegas como David Renovato e Diego Pozes também com a mesma certificação.
      Sou um Chefe III/3 (com limitação de potência) e Certificado como MODU Maintenance Supervisor, o que nos permite chefiar plataformas.
      Ainda tenho uma longa caminhada para ser um OSM, sendo assim um chefe sem limitação de potência, e em breve estarei no CIAGA buscando isso.
      Um forte abraço aos alunos e espero que tenham aproveitado a visita.

    2. Marcus Lotfi disse:

      Bem, hoje sou Jornalista e Editor-Chefe do Portal Marítimo. Fui convidado para participar do projeto e trabalhar ao lado do Rodrigo Cintra, meu amigo pessoal há quase 10 anos. No entanto, nos idos de 2004, eu era mais conhecido como Lotfi, No B-12143, aluno da EFOMM. 
      .
      Dá muito gosto ver o Pelicano online. É a Marinha Mercante se mexendo desde cedo para levar ao mundo mais do que contêineres ou litros de petróleo, mas a verdadeira Marinha aos olhos do País. Sim, somos nós (tomo a liberdade), a verdadeira Marinha que desbrava os mares, que desata lágrimas de saudades nos olhos da família, que quebra as fronteiras do mundo e faz dele o que é. 
      .
      Orgulho de vocês. Continuem assim, enaltecendo a nossa Marinha, vorazes como Feras que são. 
      .
      Um fortíssimo abraço!

    3. Caê Mahan Santana disse:

      Se tudo correr como desejamos esse tipo de visitação ocorrerá sempre, por ser de extrema importância aos alunos e gratificante pra nós, como mídia e como profissionais.

      Desde que entrou no ar, quando eu ainda era terceiro ano no CIAGA, o Pelicano tem mostrado que veio pra ficar. Um site que tem seu objetivo claro e serve como instrumento para todos que desejam informações sobre nossa saudosa Escola, estando dentro ou não dela. Desde que entrou no ar, sabíamos o potencial que o jornalzinho de outrora possuía, ao entrar na grande rede. Parabéns a todos que fazem disso uma realidade.

      Quando eu e Cintra fundamos o Portal Marítimo, nós almejávamos, mas não tínhamos a consciência de que iria se tornar a realidade que é hoje, podendo inclusive, ajudar na formação dos futuros Oficiais Mercantes. Só espero poder estar em terra quando da próxima vez. rs

      Grande abraço e vamo que vamo!

    Outras matérias interessantes...