• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 4221
    Navios, Petróleo » segunda-feira, 21 de junho de 2010 »
    Desenvolvimento do PROMEF

    suape1Será lançado ao mar no próximo dia 24 de junho, no Estaleiro Mauá, em Niterói (RJ), o segundo navio do PROMEF. Com 182 metros de comprimento e capacidade para 48,3 mil toneladas de porte bruto, é destinado a transporte de derivados claros de petróleo.

    Em homenagem ao economista brasileiro que criou a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste – SUDENE, (um dos mais destacados intelectuais do país ao longo do século XX) a embarcação terá o nome de Celso Furtado.

    Além deste, outros 3 navios serão construídos pelo Estaleiro Mauá para o PROMEF. São ao todo, 16 navios encomendados ao Estado do Rio de Janeiro.

    Para atender aos pedidos do Programa de Modernização e Expansão da Frota, os estaleiros foram modernizados e novas unidades de produção foram criadas.estaleiro

    Uma delas é o Estaleiro Atlântico Sul, em Suape, que já começou a construção do 2º dos 22 navios encomendados. Depois do lançamento do “João Cândido”, o segundo navio do tipo SUEZMAX deverá ser entregue ainda este ano. Com 275 metros de comprimento, a embarcação será capaz de transportar um milhão de barris de petróleo.

    O primeiro navio lançado pelo PROMEF no Estaleiro Atlântico Sul, João Cândido, passa pela fase de acabamento, tendo as interligações finalizadas (tubulação, elétrica e instrumentação), instalação do revestimento interno e do mobiliário das acomodações para a tripulação.

    Hoje, cinco anos após o lançamento do PROMEF, o Brasil já possui a quarta maior carteira mundial de encomendas de petroleiros.petroleiro

    Comentários

    1. MARCO ANTONIO CORREA disse:

      Bom Dia

      Meu nome e Marco Antonio Correa eu estava lendo um artigo do jornal o dia de 27 de junho de 2010 e gostaria como posso me escrever para o curso de eletricista no CIAGA pos estou desempregador e tenho o pre-requisito para fazer as aulas. tambem saber os documentos necessarios para fazer a inscrição. Grato por sua atenção e muito obrigado

    2. MARCO ANTONIO CORREA disse:

      A RESPEITO DO QUE EU ACABEI DE LER, FOI MUITO BOM SABER QUE O SETOR NAVAL ESTÁ ABRINDO MUITAS VAGAS.

    3. douglas disse:

      Impressionante o q vocês fazem, vocês são demais para todo o brasil.Espero a hora de estar aí me alegrando com vocês.

    4. Rubens Birch Gonçalves disse:

      Muito bom o artigo sobre o PROMEF.
      Dou uma sugestão poderiam tambem olhar mais ao sul, Nos da Universidade do Vale do Itajai (UNIVALI), temos o curso superior de Construção Naval, onde formamos alunos com capacidade de trabalhar na área Naval em geral, e temos alunos que estão cursando para oficial da Marinha Mercante, na EFFOM, e temos estaleiros especializados em fabricação de embarcaçãoes de apoio maritimo, e off shore.
      Poderiam tbm fazer uma reportagem sobre o Vale do Itajai.
      Só sugestão .

      Um abraço
      NOTA: Parabens pelo JORNAL PELICANO

      RUBENS

    5. Batismo e lançamento do NT Celso Furtado — Jornal Pelicano disse:

      […] Mercado, Mundo, Navios, Petróleo » segunda-feira, 26 de julho de 2010 »Batismo e lançamento do NT Celso Furtado Há cinco anos, se contassem que o Brasil iria retomar sua frota mercante após duas décadas de crise no setor, somente os mais entusiastas do segmento marítimo poderiam acreditar. E assim aconteceu. Por causa da competência e da determinação de pessoas visionárias, hoje, o reerguimento da indústria naval brasileira é uma realidade: uma realidade de 183 metros de comprimento e 48,3 mil toneladas de porte bruto. A Transpetro lançou ao mar na quinta-feira, 24 de Junho, no Estaleiro Mauá o primeiro navio construído no Estado do Rio de Janeiro para o Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef). O navio foi batizado “Celso Furtado” em homenagem ao economista e Ministro do Planejamento entre 1962 e 1963. E é claro que o Pelicano tinha que estar lá pra conferir. . A Transpetro enviou uma lancha para buscar 15 alunos da EFOMM no Grêmio de Velas do CIAGA. Partimos às 10:20 com grandes expectativas pelo que viria pela frente. A chegada ao estaleiro foi às 11 horas em ponto e o início da cerimônia se deu meia-hora depois com a banda do CIAA (Centro de Instrução Almirante Alexandrino) tocando o tão famoso “Cisne Branco”. O Comandante daqiele centro, Contra-Almirante Mathias, estava presente. Estavam  também o Ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, que representou o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o Presidente da Transpetro, Sérgio Machado, o Presidente do SINDMAR, Severino Almeida, a Presidente em exercício da Petrobras, Maria das Graças Foster, Júlio Bueno, que representou o Governador Sérgio Cabral,  a viúva do economista Celso Furtado, Rosa Freire, entre outros Ministros, Deputados e Representantes de Sindicatos. Outras presenças  marcantes foram de oOiciais Mercantes, entre eles Comandantes, Praticantes, outras pessoas de bordo e muitos dos funcionários, principalmente metalúrgicos, que participaram da construção do mais novo Navio Tanque. Às 13:10, após muitas homenagens, agradecimentos e discursos, chegou a tão esperada hora. A Imediata do navios Pedreiras, Giovana da Silva Almeida de Morais, foi a escolhida para realizar o batismo. E assim aconteceu o lançamento. Minutos depois houve a cerimônia de batimento da quilha do próximo navio do Promef a ser construído naquele local, onde o primeiro prego é fixado à quilha junto com uma ferradura. Essa cerimônia era vista na antiguidade como uma maneira de trazer sorte. Para saber mais sobre o Promef,  clique aqui. […]

    Outras matérias interessantes...