• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 9931
    Mercado » terça-feira, 3 de novembro de 2009 »
    A carreira do Planner

    ovessel A crescente demanda do fluxo de mercadorias no comércio internacional faz com que as empresas busquem novas linhas de navegação para diminuírem o tempo de estadia nos portos, visando maior desempenho e lucratividade. A automação, em alguns processos das operações portuárias, vem reduzindo o número de trabalhadores que são substituídos por máquinas cada vez mais modernas, porém, que ainda precisam ser programadas por pessoas.

    Todos os navios full container possuem um plano de carga que, através de sistemas, informam exatamente a localização dos equipamentos. Devido à complexidade nas informações inseridas no sistema, é necessário o profissional “planner” para fazer esta leitura e coordenar, junto aos demais setores, todo o trabalho pertinente às movimentações necessárias para a operação portuária.

    Ter capacitação específica, conseguir trabalhar sob pressão e ter a responsabilidade de conduzir uma das operações mais importantes de carga e descarga de um navio corresponde à rotina de um planejador de navios.
    r type 2
    A função do planner é programar e planejar o layout do carregamento e descarregamento de navios full container, otimizar a relação custo-eficácia da operação, planejar e coordenar o trabalho da mão-de-obra e das máquinas para cada navio, assegurando sempre a máxima produtividade dos navios, ou seja, ser o mais eficiente possível.

    Este profissional terá que preparar cálculos para carga e descarga e o embarque em todos os portos da linha, sem ter nenhum contato físico com o navio.

    Algumas de suas atribuições são:

    • elaborar o plano de carregamento partindo das informações recebidas dos terminais.
    • resumo de carga a ser embarcada respeitando todos os limites impostos pelas características hidrostáticas no navio a ser carregado.
    • conhecer todas as restrições e capacidades dos portos e terminais antes de elaborar a distribuição da carga.
    • ter a máxima atenção em assuntos relacionados a cargas consideradas de risco e cargas poluidoras, pois as penalidades são severas.
    • distribuir a carga possibilitando estadias menores e a descarga e evitando remoções.

    Em razão da complexidade do trabalho de planejamento, os profissionais contam usualmente com programascargo especiais de computador. Apesar da utilização destes, é possível que ocorram falhas no planejamento de estiva dos navios, já que as pessoas que alimentam os dados desse programa são passíveis de falhas. A falha no planejamento pode derivar em danos irreparáveis e indesejáveis que na maioria das vezes é resultado de profissionais mal preparados ou desatenciosos

    Para seguir essa cerreira, o melhor caminho será por meio dos armadores ou terminais portuários. Em alguns casos as empresas preferem que este tipo de profissional não tenha experiências anteriores, porém, a grande maioria ainda procura a opção de profissionais formados pela Marinha Mercante. A remuneração deste profissional pode ficar em torno de R$ 2.500,00 à R$ 6.000,00.

    Por Al. Bianca Barbosa

    Comentários

    1. Wanessa Said disse:

      Obrigada Bianca Barbosa, pelo artigo, muito rico em informações. Sou de Santos, gostaria de saber mais sobre a área de Planner, penso em atuar nessa área, teria algum material adicional, me indicaria algum site, algum livro?
      Desde já o meu muito obrigada, e continue assim.
      Sucesso!!!
      Abraços, Wanessa Said

    2. Samuel Macedo disse:

      Muito boa informacão, eu moro em Pontal do Paraná e em uma cidade visinha esta sendo construido um porto e eu tenho desejo de atuar nesta area, mas eu nao sei onde posso fazer um curso para me preparar, vc por gentileza poderia me apontar algum lugar.

      Grato

    3. wagner disse:

      Muito boa informacão, eu moro em Belém do Pará, e eu desejo atuar nesta area, mas eu nao sei onde posso fazer um curso para me preparar, vc por gentileza poderia me apontar algum lugar.

      Grato

    4. Adapt. Al. Souza Mattos disse:

      Caro Wagner tente entrar em contato com o ciaga ou ciaba para maiores informações nos sites:

      https://www.mar.mil.br/ciaga/
      https://www.ciaba.mar.mil.br/

    5. willian martins de medeiros disse:

      òtima materia, moro em santos, trabalho no porto e tenho vontade de atuar nessa profissão,como posso iniciar um preparo para atuar na area.

    6. paulo roberto disse:

      Achei um maximo, muito inteligente o modo de trabalhar.
      parabens a todos…

    Outras matérias interessantes...

    A CNT – Central Nacional de Televisão realizou uma reportagem com o objetivo de divulgar algumas profissões, e a carreira de Oficial Mercante foi uma delas. O vídeo mostra que é uma profissão pouco […]

    Carreira: Náutica13 de novembro de 2012