• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • Curiosidades, Mercado, Mundo, Navios, Petróleo » quarta-feira, 2 de outubro de 2013 »Plataforma Gaúcha

    “Construção da P-55 envolveu rebocadores e números grandiosos.
    Uma megaoperação finalizada com êxito pelos gaúchos foi o que marcou o primeiro trabalho de inundação e escoamento do dique do Estaleiro Rio Grande.

    Plataforma P-55 Plataforma P-55

    O procedimento aconteceu durante o inicio da construção da plataforma P -55, que vai operar na Bacia de Campos – RJ.

    Após três meses da estreia da operação de inundação do dique – quando foi feita a manobra de entrada da p-55 – o mesmo processo se repetiu depois para a retirada da plataforma.

    Rebocadores em Ação 

    Quatro rebocadores participaram da operação de retirada da p-55, em mais de 24 horas de atividades ininterruptas envolvendo profissionais de vários setores.
    Foram necessários 642 milhões de litros de água para inundar o dique com 350 metros de comprimento por 130 metros de largura e profundidade de 13,8 metros abaixo do nível do mar.

    A plataforma foi deslocada para um cais onde continuará sendo construída. Seu custo é de “meros” RS 3,4 bilhões.

    Em setembro de 2014 deverá estar produzindo 180 mil barris de petróleo e seis milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

    O Estaleiro Rio Grande considera que o sucesso no procedimento credencia a cidade do mesmo nome como um dos principais polos navais do brasil.”

    – Revista sobre Cabotagem e Crescimento Econômico-

    Movimentação do casco da P-55 para o Dique Seco

    Comentários

    Outras matérias interessantes...

    Susto na P-5822 de setembro de 2013
    Docagem20 de agosto de 2013