• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 1472
    Mercado, Mundo, Navios » terça-feira, 6 de setembro de 2011 »
    Investimentos no setor naval

    EMPRESAS PRIVADAS INVESTEM EM SETOR NAVAL BRASILEIRO
    O grupo Hyundai, maior contrutor naval do planeta, anunciou na ultima terça (06/09) que unirá forças com a OSX, empresa de construção naval do grupo de Eike Batista, acreditando na industria naval brasileira.O diretor da Hyundai Corporation afirmou que o grupo vê as novas oportunidades que se abrem com a exploração de petróleo em águas profundas e espera que o Brasil se torne uma potência no setro de energia.
    Os investimentos são da ordem de 3 bilhões de reais e são destinados a construção do que vai se tornar o maior estaleiro das Américas: a Unidade de Construção Naval de Açu que está prevista para ser entregue até junho de 2014. O Fundo de Marinha Mercante financiará o projeto, com valores que podem chegar a R$ 2,7 bilhões.
    Segundo a companhia, esse estaleiro vai gerar 4 mil empregos durante sua construção e 10 mil para a posterior operação. Há a estimativa de entrega de 7 plataformas FPSO e nove WHP (plataformas fixas para águas rasas) para a OGX, a empresa de Eike que explora petróleo. A mesma, que de início será a principal cliente do estaleiro, pretende encomendar 48 unidades offshore nos próximos dez anos a OSX.
    A demanda por equipamentos offshore no Brasil já é a maior do mundo, segundo o diretor-financeiro e de relações com investidores da OSX, Roberto Monteiro, devido a descoberta de petróleo no pré sal.

    O grupo Hyundai, maior construtor naval do planeta, anunciou na ultima terça (06/09) que unirá forças com a OSX, empresa de construção naval do grupo de Eike Batista, acreditando na industria naval brasileira.O diretor da Hyundai Corporation afirmou que o grupo vê as novas oportunidades que se abrem com a exploração de petróleo em águas profundas e espera que o Brasil se torne uma potência no setor de energia.EIKE BATISTA

    Os investimentos são da ordem de 3 bilhões de reais e são destinados a construção do que vai se tornar o maior estaleiro das Américas: a Unidade de Construção Naval de Açu que está prevista para ser entregue até junho de 2014. O Fundo de Marinha Mercante financiará o projeto, com valores que podem chegar a R$ 2,7 bilhões.

    Segundo a companhia, esse estaleiro vai gerar 4 mil empregos durante sua construção e 10 mil para a posterior operação. Há a estimativa de entrega de 7 plataformas FPSO e nove WHP (plataformas fixas para águas rasas) para a OGX, a empresa de Eike que explora petróleo. A mesma, que de início será a principal cliente do estaleiro, pretende encomendar 48 unidades offshore nos próximos dez anos a OSX.osx

    A demanda por equipamentos offshore no Brasil já é a maior do mundo, segundo o diretor-financeiro e de relações com investidores da OSX, Roberto Monteiro, devido a descoberta de petróleo no pré sal.

    Por Aline Detoni

    Comentários

    Outras matérias interessantes...