• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 2742
    Curiosidades, Entrevistas, Mercado » quarta-feira, 17 de julho de 2013 »
    E a praticagem?

    Como todos já devem saber, a praticagem é o estágio embarcado em navios de marinha mercante de empresas vinculadas ao CIAGA. O período é de 360 dias para ambos cursos, Náutica e Máquinas a partir da turma de 2014, os alunos de máquinas até a turma de 2013 farão somente 180 dias.

    Assim como o Período de Adaptação é uma fase esperada e muitas vezes temidas pelos candidatos, a praticagem é para os alunos formandos da EFOMM. É uma fase nova na qual se aprende na prática tudo que se viu na teoria durantes os três anos em sala de aula.

    Nada melhor do que aprender com um praticante sobre a praticagem e para nos ajudar nessas descobertas pedi a praticante, e ex-presidente do Jornal Pelicano, Raquel Amorim que nos respondesse algumas perguntas.

    936886_10151574444142239_1932870965_nJornal Pelicano: Raquel, há quantos dias você está embarcada?
    Raquel Amorim: Estou nos primeiros 130 dias

    Jornal Pelicano: Qual navio está praticando?
    Raquel Amorim: Em um gaseiro, o LPG/C Gurupi, da TRANSPETRO, um dos maiores da frota da empresa.

    Jornal Pelicano: Já passou por algum problema a bordo?
    Raquel Amorim: Felizmente, não. No máximo pegamos mau tempo, fazendo com que a embarcação balançasse desconfortavelmente.

    Jornal Pelicano: Qual foi a maior dificuldade que você encontrou a bordo?
    Raquel Amorim: A adaptação. Aqui é uma nova escola, uma nova forma de olhar e tratar nossas responsabilidades que são bem maiores. Somos responsáveis por nós mesmos, por outras pessoas e pela mercadoria.

    Jornal Pelicano: O que espera dos próximos meses de praticagem?
    Raquel Amorim: Continuar colocando em prática os ensinamentos ministrados na EFOMM e aprender mais, principalmente através da visão do pessoal de bordo. Um ano parecia muito no início da praticagem (sou de náutica, daí 360 dias de estágio embarcado), mas não é. Há muito que se aprender ainda, principalmente sobre documentação.

    Jornal Pelicano: Deixe uma mensagem para os próximos praticantes e alunos.
    Raquel Amorim: Em primeiro lugar, aproveite a Escola, em todos os sentidos. Tire o máximo de proveito que conseguir academicamente, não se limitando às aulas. Converse sobre a profissão com o pessoal que passa pelo CIAGA para fazer cursos de aperfeiçoamento, com ex-alunos… Integre-se ao mundo mercante.
    – Estude inglês.
     Se prepare para o mercado de trabalho que, mesmo no meio mercante, não está fácil para muita gente.
    Valorize mais as companhias que você tem na escola, em casa… aproveite cada momento com eles (não tem ideia de quanto vai sentir falta).
    – E, por fim, comece a apreciar os instantes que caminha pela rua!
    Dizer a vocês, não é fácil ser mercante, não mesmo. A distância e a saudade estão sempre aqui, mas tudo isso se ameniza diante da satisfação profissional… hoje sou realizada com o que faço.
    Bons ventos e um ótimo começo de semestre letivo a todos!

    A nossa profissão é linda e muito importante, a responsabilidade é muito grande, por isso devemos nos dedicar sempre, cada dia mais.

     

     

    A equipe do Jornal Pelicano agradece sua visita

    Continue nos acompanhando!

     

    Comentários

    Outras matérias interessantes...