• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 17722
    Sem categoria » quarta-feira, 14 de março de 2012 »
    Por dentro da profissão de Prático.

    Para muitos, o grande atrativo da profissão de Prático são os altos salários que hoje oscilam, em média, entre R$ 60.000,00 a 130.000,00 por mês, sendo que nos pontos de maior trâfego da costa brasileira há quem receba R$ 200.000,00 . Mas não se trata de uma profissão fácil, pelo contrário, exige-se do profissional grande responsabilidade, conhecimento, técnica e habilidade.
    em

    • Quando surgiu a profissão de Prático?

    A profissão de Prático é mais antiga do que podemos imaginar. Ela surgiu em 1808 com a rubrica do Principe Regente D. João VI, vigorando assim, o regimento para os pilotos práticos da Barra do porto da cidade do Rio de Janeiro. Esse regimento foi então assinado pelo Visconte de Anadia, Secretário de Estado dos Negócios da Marinha e Domínios Ultramarinos.

    • Qual o dever do Prático?

    Embora muitas pessoas desconheçam, o principal dever do Prático é assegurar a correta manobra do navio dentro da área de praticagem, ou seja, em zonas de águas restritas (portos). O Prático conhece as particularidades geográficas e ambientais do local que é pouco familiar ao comandante, por isso, quando o navio se aproxima de determinado porto, o Prático dirige-se a bordo afim de atracar a embarcação com segurança e eficiência.

    • Como o Prático é conduzido ao navio?

    Na chegada do navio ao porto, o Prático é conduzido a embarcação através de lanchas que possuem padrões especiais para o transbordo seguro do profissional.

    Lancha nas águas do porto de Itajaí

    Lancha para transbordo (Porto de Itajaí)

    • Formação do Prático.

    A formação do Prático requer um exame e estagio de qualificação, podendo o mesmo fazer sua inscrição em apenas uma Zona Portuária. A manutenção da habilitação do Prático é condicionada à execução de um número mínimo de manobras.

    • Treinamento para Prático

    O treinamento de um Prático precisa ser longo e cuidadoso visando-se o elevado valor dos navios e de suas cargas. Muitos profissionais enriquecem sua carreira no mar e desenvolvem seu novo ofício entrando em contato com Práticos mais qualificados e através da experiencia adquirida nas manobras. Além disso, contam com a oportunidade de executar simulações computadorizadas ou em pequenos modelos (miniaturas de embarcações). Como em toda profissão, o Prático deve buscar constantemente  o aperfeiçoamento e o conhecimento na sua área de atuação.

    ponte

    Prático na ponte de comando do navío

    • Remuneração

    Um dos pontos, ou talvez o mais atrativo é a remuneração que a profissão oferece. Os Armadores (grandes transportadores marítimos) são responsáveis pela remuneração, mas o Estado é responsavel por regulamentar a profissão definindo as regras de atuação em campo, fiscalizando o exercício do cargo e coordenando o recrutamento de mão-de-obra. Os salários podem chegar a R$200.000,00 em pontos da costa brasileira cujo trãfego de embarcação é maior, como citado no início da matéria.

    Para os que pretendem seguir na carreira de Prático é importante buscar informações a respeito do cotidiano da profissão. Não levem em consideração somente a boa remuneração, mas sim todo o contexto (vantagens e desvantagens) da sua possível futura área de atuação. e LEMBREM-SE, COMO EM TODA PROFISSÃO, É NECESSÁRIO TERMOS AMOR PELO O QUE FAZEMOS.



    Comentários

    1. Tales Werneck disse:

      é possível começar a carreira logo como um pratico? Ou tem de ter certa experiencia e algo mais para exercer essa função? obrigado

    2. Rony Maia disse:

      Excelente artigo, pude esclarecer algumas dúvidas que tinha sobre o assunto. A questão salarial que me supreendeu, é bem maior do que eu pensava. Uma boa remuneração é importante, mas como você disse, é necessário ter amor pelo que faz.

      Parabéns Caique, sucesso pra você.

    3. Al. Caique disse:

      Tales, você não precisa ter experiência a princípio. Entretanto se tiver, com certeza você será um profissional muito mais completo e se destacará facilmente na profissão. Importante ressaltar que como qualquer outro processo seletivo, você deve atender aos pré-requisitos previstos no edital do concurso.

    4. Canabarro disse:

      SÓ É POSSIVEL SER PRATICO ATRAVEZ DA EFOMM?E QUANTO TEMPO DEMORA PRA SE TORNAR UM PRATICO?

    5. Al. Caíque disse:

      Canabarro, você não precisa ser da EFOMM para fazer a prova. Após ser aprovado com sucesso no concurso, você deve cumprir um estágio obrigatório de até dois anos para enfim se tornar um prático.

    6. jose antonio costa disse:

       Olá amigo desejo saber como faço para adquirir maiores informações sobre o concurso, ou ter acesso ao edital. Esse artigo é de fato muito valioso para aqueles que gostam e tem afinidade para a área marítima. 

    7. Al. Caíque disse:

      José, você pode conferir as informações do edital do concurso de 2011 através do link: http://www.dpc.mar.mil.br/servicos/concurso/pratico_11/Edital_2011.pdf
      Acredito que muitas de suas duvidas serão esclarecidas.

    8. Gutemberg disse:

      Onde eu posso ver, acompanhar ou dialogar, com um profissional, e sabe a respeito do cotidiano da profissão?

    Outras matérias interessantes...

    Práticos, o que são?30 de abril de 2013
    Navios quebra-gelo10 de novembro de 2013