• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 1522
    Sem categoria » segunda-feira, 5 de março de 2012 »
    Barcas S/A

    BarcassA Barcas S/A é uma empresa de transporte aquaviário brasileira do estado do Rio de Janeiro. Foi criada em 12 de fevereiro de 1988 por iniciativa do governo brasileiro. Nessa época, um consórcio de empresas privadas assumiu o controle da companhia de navegação do Estado do Rio de Janeiro, sob regime de concessão, dando origem à Barcas S/A.

    Atualmente, ela opera nas linhas de transporte das seguintes estações: Praça XV, Niterói, Charitas, Cocotá, Paquetá, Mangaratiba, Ilha Grande e Angra dos Reis. No trecho da Baía de Guanabara (Rio de Janeiro – Niterói) o número de pessoas que atravessam as barcas diariamente gira em torno de 100 mil pessoas por dia útil e a sua frota transporta, em média, 26 milhões de pessoas por ano. A passagem da barca custa R$4,50 para aqueles que não possuem o Bilhete Único Intermunicipal e R$3,10 para os que possuem. Ela funciona de 2ª a 6ª feira, incluindo os sábados, domingos e feriados, das 6h até as 23h30 com intervalos de tempos variados e o tempo de viagem previsto para 20 minutos.

    Desde 1998 até o ano de 2012, os investimentos da empresa foram priorizados na recuperação da frota, na construção de novas embarcações e na implementação de novas linhas marítimas. A empresa obteve melhorias nas instalações das estações Praça XV e Praça Araribóia, tais como a instalação de validadores de Riocard/Bilhete Único em todas as roletas e passou a controlar o acesso dos usuários com direito à gratuidade nas roletas de passe livre em todos os terminais.

    Durante os quase 15 anos completados, a Barcas S/A implantou um sistema de locução, colocou painéis eletrônicos com informações em tempo real sobre as operações, instalou climatizadores, retirou lojas e quiosques para ampliar o espaço disponível nos salões de embarque. Adaptou as estações e embarcações às necessidades de pessoas com deficiência e lançou os catamarãs socias como alternativas mais rápidas e confortáveis, por reduzirem o tempo de viagem na linha Rio – Niterói e pelo fato de possuírem sistema de proa dupla e ar-condicionado.                   Barcas

    Apesar de toda a evolução da empresa, o serviço prestado por ela é alvo de reclamações por parte de seus milhares de usuários, tendo em vista a ocorrência usual de grandes filas de espera e grande concentração de pessoas nas estações. Apesar das alegações por parte da concessionária de que investe no melhoramento do serviço, a maioria dos passageiros apresenta grande insatisfação.

    No dia 3 de março de 2012, entrou em vigor a nova tarifa das Barcas/A. O valor da passagem passou de R$2,80 para R$4,50 (aumento de 60,7%). O reajuste foi autorizado pela Agetransp (Agência Reguladora do Serviço de Transporte Público). A reguladora informou que fez um estudo na empresa Barcas S/A e que esse reajuste foi necessário porque a empresa estava com desequilíbrio financeiro. Com essa notícia, muitos passageiros se revoltaram e fizeram uma manifestação pacífica em frente à estação Araribóia, em Niterói. Pelo menos 300 pessoas, munidas de cartazes, protestaram contra o aumento da tarifa.

    Fazendo parte do cenário carioca, as embarcações da empresa representam uma evolução no transporte de usuários sobre as águas do Rio de Janeiro e do mundo. Quem não quer enfrentar engarrafamentos na ponte Rio – Niterói, por exemplo, pode ter a opção de atravessar a baía e chegar ao local desejado, mais rapidamente, pelas barcas. A Barcas S/A é a responsável pelo transporte de milhares de pessoas incluindo estrangeiros de todo mundo. Contribuindo também, para o crescimento do turismo no Brasil. Porém, com o aumento do preço das passagens os usuários exigem melhorias no transporte que justifiquem esse aumento, tais como: a estrutura do meio de transporte, o conforto e a questão da hiperlotação.

    BarcasSA

    Comentários