• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 3948
    Curiosidades, Mundo » quinta-feira, 7 de outubro de 2010 »
    Você Sabia?

    Freedom of the Seas
    FreedomVocê sabia?
    1. Mitos e lendas…
    O Triângulo das Bermudas é um dos dois lugares do mundo onde uma bússola não aponta para o norte magnético. (Discovery channel)
    2. Pirataria…
    O Estreito de Málaga, na costa da Indonésia, é a região mais perigosa da pirataria mundial. Navios de carga são intimidados a viajar lentamente pela estreita passagem que liga a Indonésia à Índia e à China, o que os torna alvos fáceis à abordagem de piratas.
    3. Falando de navios…
    O navio de cruzeiro “Freedom of the Seas” é quase que um clube flutuante:  ringues de patinação, paredes de escalada, ringues de boxe, golf e basquetebol. E para aqueles que gostam de mar tem o “FlowRider”, a primeira onda para surf do mundo a bordo de um navio.
    4. Perdido há 157 anos…
    Se você acha que o Chuck (personagem principal do filme ‘O Náufrago’) passou maus pedaços nos 4 anos em que esteve em uma ilha tropical deserta, o que acha de passar algum tempinho nos mares gélidos do extremo norte?
    No dia 25 de julho deste ano foram encontrados restos do navio  HMS Investigator (despachado de Londres em 1850). Depois de passar alguns invernos presa ao gelo, a tripulação abandonou o navio (ou seja, se lançaram no mar de gelo sem recursos tecnológicos para ajudar e sem mantimentos suficientes para manter seus 66 homens por muitos dias), mas foi resgatada posteriormente por outra embarcação.
    (Terra.com)
    5. Pensando verde…
    Uma empresa chamada Skysails, está dinamizando a utilização da energia eólica. Ela utiliza o “pipas gigantes” para ajudar na propulsão de navio mercantes.
    Os projetistas da MS Beluga Skysails, afirma que a “pipa gigante” é controlada por computador e pode reduzir até 20% do consumo de combustível pelos navios.
    6. Em se tratando de combustível…
    A ONU definiu em 2008 padrões para melhoria do combustível naval. A previsão é que até 2020 o nível de enxofre no combustível de navios seja reduzido em 90% . Isto porque foi constatado que a poluição gerada por navios contribui de forma pequena, mas significante, para a intensificação do aquecimento global (4,5% de todas as emissões provocadas pelas atividades humanas).
    (Folha de São Paulo)
    7. Sem combustível…
    Imagine-se em um catamarã. Agora, imagine-se em um catamarã sem combustível, atravessando o Atlântico, usando apenas energia solar. Bela aventura, não? Pois é: ela foi abraçada por cinco suíços que de outubro de 2006 a maio de 2007, a bordo do sun21, percorreram 7 milhas, indo da Europa à Nova York, em uma embarcação movida a luz solar!
    (Swissinfo)
    8. Um gigante…
    Conduzido por uma tripulação de 13 pessoas, o EMMA MAERSK é o maior porta-contêiners do mundo  (397 metros de comprimento, 56 metros de largura e 16 metros de calado). Para se ter uma idéia destas dimensões, sua altura, somadas cabine e ponte de comando, equivale a um prédio de 12 andares.
    (Maersk Line)
    9. Cemitério de navios…
    Há mais de 2.000 embarcações sob as águas brasileiras. Um dos maiores cemitérios de navios fica no Maranhão, num local conhecido como o maior banco de corais da América do Sul. Lá, existem pelo menos 60 barcos afundados: as águas da região são uma armadilha onde a variação da maré é de até cinco metros;
    (Cristina Fibe, Rotary Club de São Paulo Tremembé)
    10. Quando se pensa que já se viu de tudo…
    Amyr Klink. Conhece? Ele atravessou o Oceano Atlântico, em uma viagem da Namíbia (África) ao Brasil (Bahia) em 100 dias. A primeira vista parece nada incrível, afinal, é tempo de sobra para atravessar o Atlântico. Mas aí está o grande segredo: a travessia foi feita por mar em uma embarcação de seis metros de comprimento, movida a remo, e com um único tripulante: o navegador brasileiro Amyr Kli


    Triângulo

    1. Mitos e lendas…

    O Triângulo das Bermudas é um dos dois lugares do mundo onde uma bússola não aponta para o norte magnético.

    (Discovery Channel)

    2. Pirataria…

    O Estreito de Málaga, na costa da Indonésia, é a região mais perigosa da pirataria mundial. Navios de carga são intimidados a viajar lentamente pela estreita passagem que liga a Indonésia à Índia e à China, o que os torna alvos fáceis à abordagem de piratas.

    3. Freedom

    3. Falando de navios…

    O navio de cruzeiro “Freedom of the Seas” é quase que um clube flutuante:  ringues de patinação, paredes de escalada, ringues de boxe, golf e basquetebol. E, para aqueles que gostam de mar, tem o “FlowRider”, a primeira onda para surf do mundo, a bordo de um navio.

    4. Perdido há 157 anos…

    Se você acha que o Chuck (personagem principal do filme ‘O Náufrago’) passou maus pedaços nos 4 anos em que esteve em uma ilha tropical deserta, o que acha de passar algum tempinho nos mares gélidos do extremo norte?

    No dia 25 de julho deste ano foram encontrados restos do navio  HMS Investigator (despachado de Londres em 1850). Depois de passar alguns invernos presa ao gelo, a tripulação abandonou o navio (ou seja, se lançaram no mar de gelo sem recursos tecnológicos para ajudar e sem mantimentos suficientes para manter seus 66 homens por muitos dias), mas foi resgatada posteriormente por outra embarcação.

    (Terra.com)

    Skysails

    5. Pensando verde…

    Uma empresa chamada Skysails, está dinamizando a utilização da energia eólica. Ela utiliza o “pipas gigantes” para ajudar na propulsão de navio mercantes.

    Os projetistas da MS Beluga Skysails, afirmam que a “pipa gigante” é controlada por computador e pode reduzir até 20% do consumo de combustível pelos navios.

    6. Em se tratando de combustível…

    A ONU definiu em 2008 padrões para melhoria do combustível naval. A previsão é que até 2020 o nível de enxofre no combustível de navios seja reduzido em 90% . Isto porque foi constatado que a poluição gerada por navios contribui

    de forma pequena, mas significante, para a intensificação do aquecimento global (4,5% de todas as emissões provocadas pelas atividades humanas).

    (Folha de São Paulo)

    Sun21

    7. Sem combustível…

    Imagine-se em um catamarã. Agora, imagine-se em um catamarã sem combustível, atravessando o Atlântico, usando apenas energia solar. Bela aventura, não? Pois é: ela foi abraçada por cinco suíços que de outubro de 2006 a maio de 2007, a bordo do Sun21, percorreram 7 milhas, indo da Europa a Nova York, em uma embarcação movida a luz solar!

    (Swissinfo)

    8. Um gigante…

    Conduzido por uma tripulação de 13 pessoas, o EMMA MAERSK é o maior porta-contêiners do mundo  (397 metros de comprimento, 56 metros de largura e 16 metros de calado). Para se ter uma idéia destas dimensões, sua altura, somadas cabine e ponte de comando, equivale a um prédio de 12 andares.

    (Maersk Line)

    9. Cemitério de navios…

    Há mais de 2.000 embarcações sob as águas brasileiras. Um dos maiores cemitérios de navios fica no Maranhão, num local conhecido como o maior banco de corais da América do Sul. Lá existem, pelo menos, 60 barcos afundados: as águas da região são uma armadilha onde a variação da maré é de até cinco metros;

    (Cristina Fibe, Rotary Club de São Paulo Tremembé)

    10. Quando se pensa que já se viu de tudo…10. Amyr Klink

    Amyr Klink. Conhece? Ele atravessou o Oceano Atlântico em uma viagem da Namíbia (África) ao Brasil (Bahia) em 100 dias. À primeira vista parece nada incrível, afinal, é tempo de sobra para atravessar o Atlântico. Mas aí está o grande segredo: a travessia foi feita por mar em uma embarcação de seis metros de comprimento, movida a remo, e com um único tripulante: o navegador brasileiro Amyr Klink.

    Por Al. Raquel Amorim

    Comentários

    1. Fernanda Layne disse:

      Estão de parabéns, ótima matéria.

    2. Gicelle disse:

      Ótimo artigo!

    3. Felipe Macedo disse:

      Muito boa a reportagem está de parabéns!!