• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 4567
    Cerimônias, Navios, Petróleo » domingo, 11 de outubro de 2009 »
    Cerimônia de posse de Hildelene Lobato Bahia

    290909_comandante“Conheça o mundo”, lia-se no panfleto segurado por Hildelene, dentro de um ônibus, há 12 anos, em Belém (PA). “Hoje posso afirmar: conheci o mundo. Viajei pelo Oriente Médio, Ásia, Europa e Caribe”

    Foi empossada na tarde do dia 28 de setembro de 2009, no Píer Mauá, no Rio de Janeiro, a primeira mulher comandante de navio mercante do Brasil. A paraense Hildelene Lobato Bahia, de 35 anos, assumiu o comando do navio Carangola, da frota da Transpetro .

    “Sei que meu caminho será trilhado por outras mulheres. Sei que carrego o peso do pioneirismo, mas espero que ele se torne mais leve, com a ascensão de outras mulheres a postos de comando”.100_1217

    A cerimônia contou com a presença do presidente da Transpetro, Sergio Machado, e da Ministra Nilcéia Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

    “O momento é de grande mérito, porque a sociedade brasileira está superando o preconceito de gênero e isto é a plena consolidação da democracia em nosso País”, destacou a Ministra Nilcéia Freire.

    “Graduou-se oficial, continuou estudando, se aperfeiçoando, e, a bordo dos navios da Transpetro, descortinou horizontes inusitados. Hildelene fez história. Tornou-se a primeira Imediato e a primeira Capitão-de-Cabotagem da Marinha Mercante do Brasil. Agora, será a primeira a 0,,22682101,00comandar um navio. Assim como outras pioneiras, ela é símbolo de ousadia, coragem, competência e liderança. Temos orgulho de, pela primeira vez, dar às mulheres a chance de comandar navios. Despertamos vocações adormecidas, abrimos espaços, fizemos, enfim, o papel de uma empresa moderna, que estimula a competência e o talento, sem preconceitos e distinção de gêneros”, disse o presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

    Os alunos da EFOMM tiveram a oportunidade de participar da cerimônia de uma maneira muito especial. Localizados no convés do Carangola, homenagearam a nova Comandante cantando o Hino da EFOMM. Foi um momento de muita empolgação para os alunos e com certeza de muita emoção para Hildelene.

    Logo após a posse, o navio partiu para Manaus, na primeira missão 100_1261da nova comandante.

    “Cada momento da História registra uma nova conquista e um novo oceano a ser desbravado. E não existe mar bravio ou vento contrário que uma mulher não consiga transformar em caminho. Não existe tempestade que ela não possa transpor; nem rota de superação que não conheça.

    O destino feminino é traçado pela sua natureza: gerar e trazer vida, mover o mundo. É lutar e provar, com talento e perseverança, que o seu lugar é todo e em qualquer lugar da Terra. Nesse rumo, a mulher vem abrindo e ocupando espaços, construindo novas possibilidades.”

    Por Al. Bianca Barbosa

    Comentários

    1. Luiz Afonso C. Souza disse:

      Paraense quando quer, não tem dono, nem senhor

      Parabems capitã!

    2. MICHEL HERCULES disse:

      Parabens Hildelene! Vc merece.
      Tive o privilégio de me formar junto com a Hildelene e fico lisonjeado pela vitória alcançada por ela. Continue segura no que vc sempre amou fazer. Abraços e muito sucesso!!

    3. ubiratam lima dos reis disse:

      adorei essa comunidade

    4. DE CASTRO disse:

      Boa tarde senhores mercantes, que saudade eu sentirei dessa escola!!!
      Gostaria que os organizadores do jornal colocassem o (com perseverança + brado da nossa turma 2007 -2009). Obrigado

    5. Al. Souza Mattos disse:

      Olá De Castro, em breve colocarei o video da canção com perseverança e o brado da sua turma.

    6. Edgar Armas P. disse:

      Reciba mis felicitaciones a nuevo capitan femenina, realmente se que la altisima capacidad, siempre le acompanara en sus mejores decisiones en su comando.

      Yo soy Ecuatoriano de la promosion Bussaide, mi nombrede guerra es ARMAS, realice la practica en el Buque Quishada (quimico), de Fronape en el ano 1989.Tengo grandes recuerdos de la calidad humana de mis companeros. Actualemnte soy Jefe de Maquinas de Flota Petrolera Ecuatoriana y estoy trabajando en el Buque Zaruma tipo Aframax.
      Recuerdos a todos mis companeros

    Outras matérias interessantes...

    Ataque ao Cartola22 de setembro de 2013