• Fotos
  • TV!
  • Links
  • Projeto Memória
  • Sobre o Jornal Pelicano
  • Processo Seletivo EFOMM 2014

  • 2595
    Entrevistas » quinta-feira, 1 de janeiro de 2009 »
    Entrevista com o Of. Al. Lorenzeto, um dos idealizadores do Jornal Pelicano Online

    Of. Al. Lorenzeto, um dos idealizadores do Pelicano online

    Of. Al. Lorenzeto, um dos idealizadores do Pelicano online

    O jornal Pelicano é o informativo criado pelos alunos da Escola de Formação de Oficias da Marinha Mercante. Tradicional na escola, ele foi reformulado e lançado em 2008 por alunos que conseguiram trazer essa tradição para o meio digital. Veja uma entrevista com o Oficial Aluno Lorenzeto, um dos idealizadores do atual projeto.

    por Of. Al. Jordson

    Como você conheceu o Pelicano?

    O primeiro contato que eu tive com o Jornal Pelicano foi quanto cursava o primeiro ano. Em um dos reunires, a então editora-chefe, Vet. Adapt. Érika Lanes, perguntou quem gostaria de participar, tais alunos deveriam se concentrar no Salão de Leitura para a primeira reunião de 2007. Foi lá que eu vi que poderia fazer a diferença, participando da equipe que levaria o nome da escola para a mídia e faria com que mais jovens se interessassem pela carreira.

    Como foi essa idéia de tirar o Pelicano dos papeis e levá-lo para a Internet?

    Eu já tinha vontade de fazer isso há muito tempo, desde o primeiro ano, pra ser sincero. Nós vimos a oportunidade de finalmente transferir o jornal para uma mídia eletrônica e assim o fizemos.

    A passagem começou com um requerimento do comandante do CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha), ele havia solicitado ao ComCA (Comandante do Corpo de Alunos) que este providenciasse que as notícias e fotos, principalmente referentes aos eventos esportivos, fossem colocadas até o dia seguinte da competição na página do CIAGA.

    O Sr. ComCA solicitou aos Oficiais de Companhia que apontassem alunos com conhecimentos na área de informática e que poderiam ficar com a faina então eles indicaram o Al. Túlio, Al. Souza Mattos e eu. Na ocasião, problemas técnicos nos impediram de ter acesso aos servidores do CIAGA para poder atualizar seu conteúdo conforme fossem ocorrendo as competições. Foi ai que surgiu a idéia de fazermos uma página nossa.

    Começamos a conversar e a rabiscar o que gostaríamos que a página tivesse e como gostaríamos que ela fosse. QTS (Quadro de trabalho Semanal), filmes, notícias, galeria de fotos, vídeos. Fizemos um protótipo e apresentamos a alguns oficiais, ao mesmo tempo, começamos a procurar o então atual presidente da SAMM (Sociedade Acadêmica da Marinha Mercante) Of. Al. Arcuri e o presidente que estaria assumindo dentro de alguns dias, Al. Vaz, para discutirmos se a SAMM poderia bancar tal empreendimento. Todos aprovaram a idéia e os que tiveram a oportunidade de ver o protótipo funcionando gostaram muito.

    O passo final foi a aprovação do Comandante Câmara, oficial responsável pelas atividades extra-classe e SAMM. O site entrou em funcionamento com o protótipo e começamos a fazer as diversas melhorias que culminaram com o que se observa hoje, mas tínhamos um problema: todos éramos programadores, sem muito jeito com palavras. Precisávamos de um editor-chefe, alguém que soubesse escrever muito bem e fosse bem informado para poder trazer material de conteúdo e avaliar os textos submetidos pelo restante da equipe.

    A escolha não foi difícil, a única pessoa que passou pela minha mente foi o então Al. Jordson, que pulou no barco conosco no instante que compreendeu a imensidão do projeto.

    Essa passagem para mídia eletrônica trouxe muito dinamismo ao Pelicano. Foi essa a intenção da equipe?

    Sim. Uma das metas principais da equipe técnica sempre foi tornar o pelicano dinâmico. Dinamismo esse que não pode ser atingido em uma publicação impressa. O custo de manutenção é infinitamente menor que tinta e papel e com uma página eletrônica nós podemos chegar a todos, não só aos alunos da escola, mas a literalmente todo mundo.

    Realmente, com relação ao público alvo, para quem mais o Pelicano é feito?

    O Pelicano é feito para um grande público alvo, um verdadeiro portal para a vida na EFOMM e na Marinha Mercante: pais podem acompanhar as atividades esportivas da escola, praticantes podem mandar comentários, informações úteis ou fotos dos portos por onde passaram e futuros alunos podem conhecer um pouco mais sobre o que é fazer parte da Marinha Mercante. O que nunca poderia ser atingido com a versão apenas impressa. Nós inclusive disponibilizamos o conteúdo das edições anteriores, então alunos formados podem relembrar as comemorações, rever fotos, etc.

    A tendência atual é de fato o jornalismo cada vez mais dinâmico. O Pelicano pode ser considerado um informativo do mundo mercante?

    Eu espero que sim. Com certeza seria uma realização para todos nós sermos considerados um informativo do mundo mercante, uma verdadeira honra.

    Você tem alguma mensagem para os internautas que acessam o jornal?

    Eu realmente espero que nossos visitantes apreciem nosso trabalho. Não é fácil manter um site dessa magnitude sempre atualizado e funcional, fazer os especiais, como o Especial Adaptação, fotos, vídeos, dá certo trabalho, principalmente durante o período de provas e de festas como foi o caso. Nós acabamos reduzindo um pouco as horas de estudo e o tempo com os familiares para poder ter tudo operacional antes do término do ano letivo e ter conteúdo de qualidade já para os futuros candidatos.

    Que as próximas gerações aproveitem nosso esforço e tenham mais uma oportunidade de se inteirar sobre o mundo marítimo.

    Para finalizar, eu só faço um pedido: Comentem! Nada dá mais gratificação para alguém que ficou horas pesquisando e escrevendo uma matéria ou ficou tirando fotos (e editando, rodando, cortando, compactando). É muito bom ouvir o que o público pensa sobre cada matéria, afinal essa é outra grande vantagem de estarmos na Internet.

    Bom, agradeço a oportunidade da entrevista e principalmente agradeço aos alunos e oficiais que tornaram a realização do Pelicano Online possível. Eu com toda certeza não poderia ter feito nada sem eles.

    Comentários

    1. Of. Al. Cipriano disse:

      Parabéns a toda a equipe! O trabalho está excelente!

    2. Vet. Adapt. Pimentel disse:

      Parabéns!!! Sucesso total, trabalho de profissional!!

    3. Pedro Teixeira disse:

      Está muito bom mesmo!!! Parabéns!!!

    4. Guilherme Antonio Nicolladelli disse:

      Parabéns! Muito bom mesmo. Em 2012 estarei ai na EFOMM também se Deus quiser!

    5. Jorge Alves disse:

      Belo trabalho de toda atual equipe do PELICANO! Pra quem não sabe, esse jornal da Efomm tem mais de 35 anos de existência; mais velho do que muitas gerações da Efomm e com muitas estórias dos hoje velhos lobos do mar. Que saudade! A você Lorenzeto, só poderia ser de máquinas: dói muito, sua-se sangue, mas as vezes, lá dentro da sua vaidade, voce se sente o heroi do navio!

    6. Patrícia e Alcir Moreno disse:

      Parabéns a vocês todos do PELICANO. O trabalho de vocês é excelente!

    7. Sandra Domingos disse:

      Of. Al. Lorenzeto gostei muito da sua entrevista. Você realmente se doou para o pelicano chegar até nós. E com certeza o Pelicano vai ser considerado um informativo do mundo mercante. Vocês merecem.

      O Jordson escreve maravilhosamente bem, também. Parabéns e contem conosco internautas.

    8. Ana Suely disse:

      Of. Al. Lorenzeto:

      Parabéns pela entrevista, tenha certeza que seus esforços já estão sendo recompensados basta ler os depoimentos dos pais dos alunos que tem filhos na EFOMM/RJ, eu em particular agradeço seu empenho e de toda sua equipe e espero que vocês consigam informações junto aos Adaptadores do CIABA para que nós do Norte/Nordeste, também tenhamos informações de lá e façamos Coro com os pais de alunos do GIAGA.

      A todos os FERAS da EFOMM/09, parabéns vocês venceram a fase de adaptação mais um degrau foi vencido continuem, não desistam nunca de seus sonhos, peço a Deus que continue dando forças à todos.

      Obs. Obrigada mais uma vez pela consideração em responder meu email.

    9. Al. Flavio Pinho disse:

      Otimo trabalho! Deu outra cara a imagem da nossa escola, parabens a todos envolvidos.

    10. Al. Müller disse:

      Sinceramente, gostei muito do PELICANO online!
      Uma idéia realmente muito boa!

      Parabéns a todos idealizadores e contribuintes!!

    11. Wilson Lorenzeto disse:

      Parabéns Raphael, belíssimo trabalho!!!

    12. Sandra Domingos disse:

      Of. Al. Lorenzeto já estava com saudades de escrever para vocês, mas acompanho sempre que posso. O trabalho continua com o mesmo nível. Excelente!!!!!!!!!

    13. 1OM Paulo S.Monteiro Costa disse:

      Parabens ao Lorenzeto e a todos os envolvidos neste projeto do Pelicano On Line. Já desde o meu tempo de aluno da EFOMM havia o empenho dos alunos em não deixar o ‘bichinho’ morrer e nisso já se vão uns bons 25 anos. O Pelicano andou agonizando por diversas vezes na historia da EFOMM, mas a iniciativa deste grupo certamente fe-lo renascer e vai mantê-lo agora mais vivo do que nunca em um momento importante no qual também vemos o renascer da nossa profissão no cenário nacional.

      Fabuloso o trabalho de vocês!
      Continuem assim.

    Outras matérias interessantes...